Transplantes

Ter um rim novo e saudável é o sonho de todo paciente, pois o transplante bem sucedido garante uma melhora considerável em sua qualidade de vida.

A Fundação Pró-Rim possui uma equipe cirúrgica para a realização de transplante de rim e de pâncreas, composta por médicos cirurgiões, urologistas e nefrologistas treinados no país e no exterior. As cirurgias são feitas no Hospital Municipal São José, em Joinville (SC).

Atingimos a marca de mais de 1.500 transplantes e estamos entre as 8 instituições de Saúde que mais realizam esse tipo de cirurgia no Brasil. Somos líderes em transplantes renais em Santa Catarina e nossa equipe foi pioneira no Estado com primeiro transplante realizado em 1979.


Leia abaixo depoimentos emocionantes de pacientes que realizaram transplante renal na Pró-Rim:

 
“Eles reconhecem a gente só pela voz, como se fossem da minha família. A Fundação Pró-Rim  foi uma verdadeira fada-madrinha”.
- Elizete Guth / Lages - SC
 
“É maravilhosa a atitude que a família do doador tomou. Apesar de ser um sofrimento, a doação é um ato de amor muito bonito que salva vidas”.
- Maria Antonia dos Santos / Florianópolis - SC



Conheça abaixo algumas informações importantes sobre o transplante:


O transplante é um dos três tipos de terapia renal substitutiva. Os demais são a hemodiálise e a diálise peritoneal

Cada vez mais pacientes de diversas regiões do país tem procurado atendimento em Santa Catarina para a realização do transplante. O motivo são as filas de espera menores e o sistema eficiente de captação de órgãos.

O programa de transplantes é nacional e consequentemente pago pelo Sistema Único de Saúde (SUS). O paciente pode optar por permanecer em uma fila fora de seu estado, desde que esteja inscrito em apenas uma delas. O que determina a escolha para de um paciente para transplante é a compatibilidade do rim disponível, de acordo com o cadastro.

A Central de Captação de Órgãos de Santa Catarina é modelo no Brasil. Adota o sistema semelhante ao espanhol, considerado o mais eficiente do mundo. As equipes recebem treinamento intensivo para que haja segurança e eficiência no processo de captação. 

Passo-a-passo para o transplante
1) Agende uma consulta na Fundação Pró-Rim. Se você for de outro Estado e deseja informações sobre o transplante, entre em contaro através do email precila.s@prorim.org.br 
2) Em caso de necessidade de hospedagem, o paciente deve entrar em contato com a Assistente Social, para que a mesma oriente sobre as diversas possibilidades.
3) Serão solicitados exames na consulta com a equipe multidisciplinar. 
4) O paciente deverá retornar a sua cidade para fazer os exames solicitados. 
5) Após todos os exames realizados, o paciente solicita um retorno com a equipe.
6) O médico irá avaliar os exames para ver se está tudo bem com o paciente.
7) Se não houver alterações em seus exames, o paciente será inserido em lista de espera para transplantes.
8) O paciente espera ser chamado para o transplante em sua casa. Por isso, é muito importante manter seus dados pessoais sempre atualizados. 
9) Quando chamado, o médico orientará o paciente sobre a realização do transplante. 
10) O paciente deve se apresentar no local informado, seguindo as orientações prévias exigidas pelo médico, para que a cirurgia aconteça. 
11) As consultas do pré e pós-transplante são financiadas pelo SUS e realizadas na Fundação Pró-Rim. 



Contribua!
Diga SIM à vida
Saiba como ajudar a Fundação Pró-Rim a garantir um tratamento digno e eficiente aos pacientes renais.
Diga Sim! Faça sua contribuição
Pró Rim em números
Os números comprovam a excelência de nossos serviços e a busca constante pela qualidade.

  • Fístulas: 157 em 2016
  • Transplantes renais: 80 em 2016 | Total de 1.500

  • Pela 8ª vez consecutiva entre as 150 melhores empresas para trabalhar - Revista Você S/A.
  • Sessões de hemodiálise em 2016: 88.000

 

Receba Novidades

Cadastro realizado!

Central de Atendimento

 
Unidade Joinville
Rua Xavier Arp, nº 15 Boa Vista
+55 (47) 3431-3800

Redes Sociais


Copyright 2014 - Fundação Pró Rim Mapa do site
 asdas