Notícias
06/02/2018
Observe sua urina: a cor e o cheiro do xixi dizem muito sobre a saúde
A preocupação deve ser um hábito para controlar se o problema é desidratação ou infecção.

Todo mundo sabe: é preciso beber pelo menos dois litros de água por dia (ainda mais no clima seco de Brasília). “É muito importante para o organismo. Nada funciona bem sem o líquido. Ele mantém o aparelho renal em perfeito funcionamento, melhora o sistema cardíaco, neurológico, e faz bem para a pele e para o estômago”, ensina o nefrologista Marcos Vieira, presidente da Fundação Pró-Rim.

Para verificar se a quantidade de água ingerida está suficiente e o corpo livre de doenças, os nefrologistas sugerem aos pacientes ficarem atentos ao xixi, que passa despercebido no dia a dia.

Segundo a médica Maya Caetano, do Instituto de Nefrologia de Brasília (Ineb), o hábito é simples, pode ajudar no diagnóstico de enfermidades e evitar a evolução de quadros mais graves, como a doença renal crônica. “A urina, um líquido formado pelos rins, transporta resíduos e toxinas que devem ser eliminados do organismo. Em uma pessoa saudável, deve ser amarelo claro, quase transparente, com pouca espuma e cheiro”, explica. Se o seu xixi está sempre na cor ideal, mas mudou de repente, vale a pena procurar um médico.

MAIS SOBRE O ASSUNTO

Se a urina estiver amarela escura, provavelmente o problema é baixa ingestão de água ou infecção. A recomendação é corrigir a quantidade de líquido ingerido. Se não melhorar, procure um médico para definir exatamente o problema. A urina avermelhada ou amarronzada, com tom de Coca-cola, pode indicar a presença de sangue — nesses casos, a bexiga ou os rins não devem estar funcionando bem. Em caso de cores estranhas, como verde, há chances de uma bactéria estar presente no organismo.

Além da cor, espuma na urina pode ser sinal de perda ou excesso de proteína na dieta, sintomas de uma disfunção renal. “É uma alteração chamada Proteinúria, presente em várias enfermidades ligadas aos rins, como a doença causada pela diabetes”, conta o nefrologista. Cheiro forte indica, talvez, infecção urinária e, se o odor estiver diferente do normal, Marcos alerta sobre a possível presença de açúcar no sangue. O ato de urinar não deve ser dolorido.

A frequência do xixi também é importante. Quem ingere pouca água e urina muito pode estar com sintoma de diabetes, por exemplo. Marcos explica que quem vai ao banheiro muitas vezes durante a noite tem dificuldade em concentrar a urina, e uma visita ao médico é recomendada.


Fonte: https://www.metropoles.com/vida-e-estilo/bem-estar/saude-bem-estar/observe-sua-urina-a-cor-e-o-cheiro-do-xixi-dizem-muito-sobre-a-saude 






Contribua!
Diga SIM à vida
Saiba como ajudar a Fundação Pró-Rim a garantir um tratamento digno e eficiente aos pacientes renais.
Diga Sim! Faça sua contribuição
Pró Rim em números
Os números comprovam a excelência de nossos serviços e a busca constante pela qualidade.

  • Primeira instituição de SC na área de nefrologia a obter o selo de qualidade "Acreditada com Excelência", da ONA.
  • Pacientes em CAPD (Diálise Peritoneal Ambulatorial Contínua): 86 em 2017 (79 em Santa Catarina e 07 em Tocantins).

  • Atendimentos no Ambulatório de Transplantes: 5.330 (4.754 consultas pós-transplante; 546 consultas pré-transplante, orientações pós-transplante equipe multidisciplinar 2.220)
  • Mais de 1 milhão de pessoas já disseram SIM à Pró-Rim

 

Receba Novidades

Cadastro realizado!

Central de Atendimento

 
Unidade Joinville
Rua Xavier Arp, nº 15 Boa Vista
+55 (47) 3431-3800

Redes Sociais


Copyright 2014 - Fundação Pró Rim Mapa do site
 asdas